Mostra Vertentes Documentais no CINUEM

O CINUEM, projeto de extensão da Universidade Estadual de Maringá (UEM) que exibe filmes semanalmente encerra a programação do primeiro semestre de 2017 com a mostra “Novas Vozes do Cinema Latino-americano.

Durante o mês de outubro, o CINUEM exibirá quatro filmes do documentário mundial, que se valem de recursos expressivos distintos para filmar o mundo da vida, do mundo real, das pessoas de carne e osso – que existem antes e depois do filme.

A primeira sessão da mostra acontecerá excepcionalmente no auditório do bloco H-12. As demais acontecerão às quartas-feiras, no auditório do Centro de Ciências Humanas (bloco H-35) da Universidade Estadual de Maringá, com início às 19 horas.  A entrada é gratuita e está sujeita à lotação da sala.

No final das exibições os integrantes do Grupo de Estudos de Cinema CMM- UEM e  convidados promovem uma discussão sobre o filme.

MOSTRA VERTENTES DOCUMENTAIS

04/10 – Filme: Crônica de um verão (Jean Rouch e Edgar Morin, 1961, FRA, 90min)

Local: Auditório do bloco H-12 (DFE). * Excepcionalmente.

No verão parisiense de 1960, o cineasta e etnólogo Jean Rouch e o sociólogo Edgar Morin interrogam transeuntes, estudantes, operários e alguns casais sobre as motivações de suas vidas. “Você é feliz?”, perguntam, registrando dúvidas, emoções e opiniões que alcançam dimensões políticas bem mais amplas.

11/10 – Filme: Titicut Follies (Frederick Wiseman, 1967, EUA, 84min)

Local: Auditório do bloco H-35 (CCH)

Um retrato sobre a rotina em uma prisão para indivíduos com distúrbios psiquiátricos em Bridgewater, Massachussetts. Lá, os internos são acolhidos pelos psiquiatras, pelos trabalhadores sociais, enfermeiros, guardas e pelos outros internos da instituição.

18/10 – Filme: Os catadores e eu (Agnès Varda, 2000, FRA, 82min)

Os Catadores e Eu é um documentário que mostra uma visão humana da vida dos catadores de frutas que, após a colheita, recolhem tudo aquilo que ficou no chão e depois vendem ou doam para os pobres famintos. A partir de um célebre quadro de Millet, Des glaneuses (Os Catadores), o filme de Agnès Varda é um olhar sobre a persistência na sociedade contemporânea dos catadores, aqueles que vivem da recuperação de coisas que os outros rejeitam.

25/10 – Filme: Leviathan (Lucien Castaing-Taylor e Véréna Paravel, 2012, EUA/FRA/UK, 87min)

Nas águas onde o Pequod de Melville perseguia Moby Dick, Leviathan captura o conflito colaborativo do homem, da natureza e da máquina. Filmado com uma dúzia de câmeras – jogadas e amarradas, que passam de pescadores a cineastas – é um retrato cósmico de um dos mais antigos esforços da humanidade.

*Com informações do Grupo de Estudos de Cinema | CMM – UEM.

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s